domingo, 26 de agosto de 2012

Erros... Acertos.. Medos

A vida é mesmo um campo cheio de mistérios, onde só se aprende errando.. mas tem gente que nunca aprende! Apontar o erro é fácil, porque vemos, mas ao apontarmos um dedo os outros tres dedos da mão apontam pra nós.. pq será? Os erros que cometemos não vimos, muitas vezes passam despercebidos e então nos achamos certos. Eu particularmente gosto de refletir meus erros, gosto de ver alguém errar e aprender com aquilo e não julgar o erro. Eu sei das minhas falhas, eu sei dos meus vacilos, eu sei das oportunidades que perde... sim, eu sei! E por saber das minhas falhas é que estou aqui, seguindo nessa batalha buscando ser o melhor que eu posso ser. O problema é que existe uma batalha de ego, e nessa batalha eu já resolvi cair fora... se é pra ter um culpado, não me importa que seja eu. Pode deixar, eu assumo a culpa... Mas e ai o que fazemos daqui pra frente? Continuamos parados esperando uma oportunidade ou fazemos a oportunidade acontecer? Não sei no que vai dar, ninguém sabe... o que sei é que não tenho medo de viver, não tenho medo de encarar, não tenho medo de seguir... e mais eu não tenho medo de perder! Eu só não vou desistir sem tentar! Porque o meu medo é apenas esse: me arrepender por não ter feito mais! Então eu vou até onde eu aguentar para parar com a certeza de que eu fiz o que pude!

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Intrigas

Todos os dias peço a Deus pra me ensinar a ser justa, a respeitar até a formiga e a agir seguindo os caminhos Dele. É muito difícil seguir assim sem ser vista como otária e coisa e tal... sem levar na cara e pam! Mas se tem uma coisa que não gosto é intriga, fofoca, falsidade... Aff!! Isso me incomoda tanto. Como pode existir tanta gente que se preocupa mais em disseminar discórdia do que cuidar da própria vida? É muito complicado! E eu me pergunto será que tem sono tranquilo? Acho que sim, já estão tão acostumados que a consciência nem pesa e até se acham certos! E incrível que essas pessoas se fazem de vitima... É realmente difícil! Mas o tempo prova quem é quem, e a mascara cai... sim cai, eu tenho certeza. Eu estou vendo a mascara de gente caindo, e eu to só observando... por que quando cair de vez como vai ser? Será que não pensam nisso, que quando a mascara cai pode restar solidão, isolamento, exclusão mesmo? É realmente pessoas assim são dignas de pena.. Seres pobres de espirito, seres infelizes que buscam a felicidade na miséria alheia! Oremos por esses seres sem luz, para que a luz preencha toda a escuridão que existe no coração desses seres pobres, podres!

domingo, 5 de agosto de 2012

Dietoterapia

Já que hoje vim falar dos meus estágios, vou falar logo sobre o de Dietoterapia.

Comecei o estagio de Dietoterapia no dia 30/07 e terminei dia 03/07. Uma semana que passou voando. O estagio foi em grupo de 6 pessoas (comigo), das 6 apenas uma eu não conhecia e foi uma pessoa que sabia interagir o que fez com que o grupo trabalhasse bem em conjunto.

No primeiro dia conhecemos a supervisora e foi apresentado o cronograma pra gente, onde já nos sentimos bastante tranquilas. Discutimos alguns pontos da anamnese, foi mais um dialogo mesmo que nos deixou bem a vontade para agirmos. No segundo dia fizemos revisão antropométrica, fizemos anamnese e aferimos altura, peso e cintura do paciente, discutimos a avaliação feita (discutir que orientações daríamos) e teve sorteio de temas para apresentação de artigo no quarto dia (eu fiquei com Hipertensão Arterial Sistólica). No terceiro dia treinamos bastante a avaliação nutricional e depois aplicamos no paciente, em seguida discutimos sobre o paciente. No quarto dia apresentamos o artigo (clique aqui e veja o artigo que apresentei)  e confeccionamos o material para a sala de espera que seria sobre aleitamento materno (já que é mês de campanha de aleitamento). No quinto dia terminamos a confecção do material e realizamos a atividade educativa sobre aleitamento materno, onde ficamos numa mesa e chamando pessoas para sentar pra conversarmos sobre aleitamento (foi legal). No final fizemos um lanchinho de despedida.

O resultado foi bastante positivo, principalmente em termo de revisão de avaliação nutricional. Infelizmente como o estagio foi em um Posto de Saúde não tinha muito o que se aplicar de Dietoterapia (essa disciplina linda que a professora do curso me fez amar rs). Mas valeu muito a pena, podemos tirar aprendizado e foi bem legal o relacionamento/parceria do grupo.

Geriatria

Olá pessoal, eu sumi um pouco e hoje resolvi postar sobre como foi meu estagio em Geriatria.

Eu estagiei numa Casa de Repouso onde só tinham senhoras, estagiei do dia 9 de julho até dia 13 de julho. Foi uma semana, passou super rápido. O grupo tinha 5 pessoas comigo, sendo que duas eram da minha sala (minha prima e minha brodinha) o que facilitava a relação interpessoal.

Lá no estagio no primeiro dia a supervisora se apresentou e apresentou o cronograma de atividades, onde já iniciamos discutindo os pontos da ficha de anamnese, fizemos a anamnese com uma senhora (a anamnese foi feito em grupo, um trio e uma dupla) e escolhemos um artigo para apresentar no terceiro dia. No segundo dia discutimos as avaliações e montamos orientações. No terceiro dia apresentamos os artigos e revisamos antropometria. No quarto dia apresentamos o material da sala de espera que seria feito no último dia. No quinto e último dia fizemos a sala de espera, meu trio falou sobre Obstipação e Diarreia enquanto a dupla falou sobre Diabetes.

O estagio foi bom, enfim eu consegui entender a questão dos radicais livres graças a uma explicação bem simples da supervisora. Infelizmente não pudemos entregar as orientações e fazer a avaliação antropométrica na idosa, pois a mesma não quis atendimento. O curto tempo do estagio dificultou um pouco a prática, mas no final foi positivo o estagio.