quinta-feira, 11 de outubro de 2012

E eu não sei do que tenho medo...

A minha vontade de vencer é tão grande que eu deixo de lado tanta coisa. Por vezes me vejo lutando sozinha, por vezes sinto que se eu sumir ninguém notará.. mas eu não quero arriscar. Eu adoro estar ali! Eu não sei do que tenho medo, mas eu amo viver. As vezes algumas pessoas vem na minha mente e me bate uma saudade, eu não posso mais ve-las, elas não precisam mais de mim.. eu não posso julga-las. Todo mundo passou por mim e deixou algo, me ensinou, levou um pedaço de mim e hoje talvez já tenham me esquecido, mas e daí? O importante é o que vive! Tantas lembranças boas, algumas ruins. E as vezes o medo é apenas da despedida, mas não deixarei de viver nada por medo de dizer adeus. A vida é uma aventura, ninguém sai dela com vida. Então eu me arrisco, mesmo com medo eu invisto, eu dou minha cara pra bater. Eu peço a Deus todos os dias pra que meus olhos vejam sempre a luz da vida e que a escuridão nunca se aproxime de mim, além da linda escuridão da noite com o brilho das estrelas.

Um comentário:

  1. Adoro todo o otimismo que sinto em suas palavras,consigo até imaginar o brilho nos teus olhos claros...fiquei sem palavras,não sei o que dizer,mas uma frase me veio a cabeça,e eu diria que seria seu texto em uma unica frase: "Se chorei ou se sorrir,o importante é que emoções eu vivi"(obrigada Roberto Carlos.beijus rs)
    Sucesso gata,e continue sempre essa menina adoravel que você é!!!

    ResponderExcluir

Diz ai?? O que achou deste texto ?